Páginas

terça-feira, 17 de junho de 2008

Sobre a Carta Aberta

Tenho recebido dezenas de manifestações de solidariedade através de e-mails, telefonemas e comentários aqui no Caneta.

Quatro advogados, dois de outros estados se ofereceram para ajudar no que for preciso.

Agradeço a todos. Obrigado pela força! Considero esta decepção como uma assepsia.

A Carta Aberta não saiu do nada. Resolvi dar um basta a uma das maiores decepções que já sofri em toda a minha vida.

Vamos aos fato:

Com surpresa abri a caixinha de comentário do Post Fátima Bernardes fora do Jornal Nacional. Dos quatro comentários deixei de publicar dois. Um deles de um anônimo agredindo a Rede Globo. O outro, do mesmo anônimo anunciando uma bomba:

“O prefeito levou hum milhão de motivos para fechar com um famoso advogado a sua campanha de reeleição. Para isso, usou os préstimos do dono de uma produtora de TV falida, mas que ainda tinha uma grana preta para receber da prefeitura, ainda da administração Hélio Gueiros. Duciomar pagaria essa dívida, e o publicitário, repassaria uma parte para o advogado. A Polícia Federal já dispõe da gravação, autorizada pela justiça e acionará o MP nos próximos dias. A primeira a depor será a ex-mulher do produtor fracassado, sócia da produtora falida”.




4 comentários:

Anônimo disse...

Walter... Cadê o Luluquefala? Por que ele não fala? Fala Lulu, fala vai...

Cris Moreno disse...

Caramba, não fique assim, amigo. Você é um grande profissional. Jamais esquecerei de você e o Ney na Funtelpa. Jamais. Fique calmo. Boa sorte.

Beijos.

Walter Jr disse...

Obrigado, Cris! Já tirei a minha lição do episódio e agora estou olhando pra frente... Um Grande beijo.

martinha disse...

walter junior disse uma vez....
q seu interesse era de ...
'consertar o mundo rindo...'
entao?!!!!
bjos lindo!