Páginas

sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

Exploração


China, Índia e Indonésia, têm o nível mais elevado de crianças trabalhando do mundo. Perto de 122 milhões entre os 5 e 14 anos de idade. De acordo com o OIT (Organização Internacional do Trabalho), metade das crianças realiza trabalhos considerados perigosos.
..
Dando uma breve panorâmica no mundo, temos a Índia, onde há aproximadamente 12.6 milhões de crianças são forçadas a trabalhar na agricultura ou no espaço doméstico e em muitos deles são envolvidas no negócio da prostituição.
.
No Egito “menor” é considerado àquele têm menos de 14 anos, acima disso é legal.
No Líbano a maioria faz trabalhos manuais que exigem quase nenhuma qualificação, como trabalhos mecânicos, coleta do lixo, etc.
.
Na Síria, de acordo com a UNICEF, muitas crianças foram empurradas para incorporar o mercado de trabalho por causa da pobreza.
No Peru 70 por cento das crianças e dos adolescentes fazem algum trabalho no setor da agricultura sob circunstâncias precárias, com a saúde em risco porque estão em contato permanente com agrotóxicos.
.
Quase nenhum país do mundo está livre. No primeiro mundo, como exemplo, temos a Itália, lá o trabalho infantil afeta mais de 400.000 crianças entre de 7 e 14 anos, de acordo com o instituto das investigações econômicas e Sociais (IRES).
.
As estatísticas acima têm o aval não só dos Ministérios do Trabalho de seus países, mas também de uma infinidade de ong´s pelo mundo.
.
Um post assim não vai mudar os números da noite para o dia, mas vai informar e conscientizar milhares de pessoas de que há situações injustas e difíceis de se combater.
.
Ver números é uma coisa, mas ver imagens é outra dimensão da história. Não há números que sobreponha uma indiscutível seqüência fotográfica.
.
As imagens traduzem este texto para a cruel realidade da exploração infantil.

Olavo Saldanha
.

3 comentários:

Yúdice Andrade disse...

Parabéns, Walter. Arrebentaste mais uma vez, ainda que isso signifique ficar mudo e com uma boa dose de mal estar após ver as imagens. Que mais fazer além de postar e desejar um ano melhor?
Felicidades em 2008. Para nós e essas crianças.

Mari disse...

Walter,

É lamentável que continuemos a conviver com situações desumanas como esta.

Esperamos ter um ano de Paz.

Feliz horas vindouras pra você, maravilhoso 2008!

Bjs

Walter Jr disse...

Feliz ano Novo Mari e Mestre Yúdice! Que nossa crianças tenha oportunidade de conhecer o lado humano deste planeta. Amém!