Páginas

segunda-feira, 30 de abril de 2007

Dança Comigo?

Hoje é o dia da dança. Véspera de um feriado: o dia do Trabalhador.
Deveria ser feriado também, pelo menos oficialmente. Poucos trabalharam hoje e a produtividade dançou.
Dançam operários de salários sambados.




Dançam os pacientes de remédios surrupiados e dignidade aviltadas. Dançam eleitores de votos, hoje, desprezados. Quem morreu, dançou. Quem ficou dançou também. Dançantes inconsolaveis.
Dançam os que precisam de justiça, os que torcem por justiça.
Justiça é uma música que se ouviu tocar e não se sabe onde... Um saci errante. Dançante?
Dançam os devotos dos maus políticos. E dos bons também.
.


Dançam os jornalistas com diploma. E os sem-canudo também. Mas dançam mesmo os que crêem, nas linha tortas e erradas.
As noticias distorcidos tocam. A verdade assanhada dança, dança e dança...
.


Dançam os que dão esperança e os que sonham com esperança.
Pois a esperança, embora seja a última que morre, é um ritmo que a maioria não aprendeu ainda a dançar...
.



Dançam os otimistas. Menos, bem menos que os desiludidos, mas dançam.
Lá fora dançam os excluídos. E dentro, os que agonizam dançando freneticamente pra não dançar...

Danças?
Eu vivo dançando...
.

Fotos: Adenor Gondim

2 comentários:

Mari disse...

Muito lindas as fotos deste post, Walter. Adorei.

Abraços

Mari

Walter Jr disse...

Obrigado, Mari!