Páginas

domingo, 20 de junho de 2010

Luis Fabiano: Gol dois em um consagrador

Copa de 1958 – Suécia – Final – Brasil 5 x 2 Suécia
Pelé fez um antológico terceiro gol, dando um chapéu no zagueiro sueco


By Mário Alberto

Pelé rolou a bola para o Didi, fez que ia para a frente, mas voltou. O beque sueco ficou meio em dúvida e deixou a bola passar. Pelé matou no peito. O zagueiro achou que ele ia chutar. Veio com o pé e pelé aplicou-lhe um chapéu desconcertante. Era uma coisa à qual os europeus não estavam acostumados naquela época. Eles estavam vinhamk e prensavam a bola, porque todo mundo chutava direto. Aí Pelé nem deixei a bola cair, bateu e fez o gol.

Para Pelé foi um dos mais bonitos da carreira dele.

Veja o gol

Copa de 1986 – México - Quartas de Final – Argentina 2 x 1 Inglaterra
Maradona faz um gol com a mão e decide a partida.



By Thumb

Maradona disputou de cabeça uma bola com o goleiro Shilton e usou a mão para tocar o balão para as redes. O juiz não percebeu a malandragem e validou o gol que acabou desclassificando a Inglaterra.

Copa 2010 – Africa do Sul – Primeira fase – Brasil 3 x 1 Costa do Marfim
Luis Fábio aplicou três chapéus em adversários, dominou a bola duas vezes com o braço e marcou um golaço.


By Bottino


Aos seis minutos da etapa final, Luis Fabiano domina a bola com a mão, aplica um chapéu em Zokora, domina novamente com o braço, dá outro lençol em Koulo Touré, e bate forte de esquerda, sem chance para o goleiro Barry.

Um gol para Pelé e Maradona não colocarem defeito.

Nenhum comentário: