Páginas

domingo, 22 de novembro de 2009

Turista II: a cilada


Olha só esse papo no Facebook:


Naty Rodrigues = Alguem ja fez peca em belem e amapa??

Dicas....rs





Mauricio Saade = ....rezar pro tempo passar logo,,, MazaLevar o Lucianno junto! hahahahahaha

;




Bruno Mazzeo = O Amapá existe?








Roger Gobethn = Belém: restaurante 7 janelas.






Flavia Rubim = rsrs* Ahh Mazzeo .. rs*






Giancarlo Barone = Querida, filmei semana passada toda la em Belem....Fica no Hilton... Bjss






Naty Rodrigues = amapá existe....mas nem imagino como seja....... to com medo do que vou encontrar...rsss valeu roger e gian......

.






Naty Rodrigues = MAUUUUUUUUUUUUUU TO REZANDO TMB...........QUERO VOLTAR PRA CASA LOGO.....E TER MEUS AMIGOS PERTO.... SAUDADESSSSSSSSSSSSS





Raul Guterres = Putz, boa a pergunta do Bruno! Tb não sabia se existia mesmo, até cometer o desatino de ír lá! É QUENTE PRA CACETE, super feio, na beira do Amazonas, bem amarelado, cheio de mosquitos.



Natalia Rodrigues se apresenta na peça 'Dores de Amores', protagonizada pelo ator Otávio Martins, dirigidos por Naum Alves, em cartaz no Teatro Maria Sylvia Nunes, na Estação das Docas, dias 21 e 22, em Belém. Em seguida a peça vai para Macapá, no Amapá.

Comentário meu:

Pra quem nasceu em Bariri, cidade com pouco mais de 30 mil habitantes, a 330 km de São Paulo e hoje mora na pacata ccidade do Rio de Janeiro, disputou (e perdeu) o papel de Bruna Sufistinha no cinema e desfilou pelada numa praia (foto), Natalia tem medo de que? Só pode ser charme.

É só não falar mal do Sarney, nêga (como dizem em Bariri) que vai dar tudo certo.


O Bruno Mazzeo é humorista dos bons, mas a piada é velha. Ele é filho de um gênio do humor, o Chico Anísio e da bela modelo e atriz Alcione Mazzeo. A mãe dele esteve em 1983 em Macapá gravando uma campanha para uma revenda de veículos e não parava de telefonar para Rio de Janeiro, preocupada com o bebezinho Bruno, na época. Saiu encantada com os paparicos desse povo hospitaleiro do Amapá.

Quanto ao Raul Guterrez, bem... Ele nasceu naquele estado super desenvolvido, lindíssimo, sem mosquito, sem doenças e sem pobreza, chamado Maranhão.

Raul é produtor de cinema. Não é de hoje que ele denigre a imagem do pais.. Em seu currículo consta o polêmico Turistas, com o estapafúrdio roteiro de seqüestro para roubo de órgãos no Brasil. Ele também produziu clássicos marcantes da estória do cinema como Alta Velocidade e O Escorpião Rei, mas ganhou seus 15 minutos de fama pelos boatos de namoro com a atriz Fernanda Vasconcelos fofocado pela mídia fútil e pelo fato de ser amigo de Rodrigo Santoro.


9 comentários:

Yúdice Andrade disse...

Pois é, quem é Natalia Rodrigues? Uma das crias de "Malhação". Isso já diz muito.
Patricinha é ruim em qualquer atividade. Essa coisa de viajar a trabalho e ficar com medinho, rezando para voltar para o conforto do próprio mundinho, é coisa de quem ainda tem muito o que amadurecer.

Walter Junior do Carmo disse...

Mestre seja bem vindo.
Pode até falar mal do meu estado. Eu aceito, mesmo sabendo que representa viver no Rio de Janeiro, hoje. Pode ter medo daqui. É aceitável, afinal as neuras insistem em acompanhar as pessoas onde quer que elas vão. Mas desinformação em plena era do Google ou é charminho ou burrice mesmo. E isso é imperdoável.

Alcilene Cavalcante disse...

Nao sei quem é a famosa. Não me incomodo com essas brincadeirinhas de "sulistas", mas é dificil tolerar a ignorância.

leonardofontoura disse...

amapaense é o cancer que colcou sarney no senado

Walter Junior do Carmo disse...

Lene, como dizia aquele personagem da Escolinha do professor Raimundo Chico Anisio: - É a iguinorança que astravanca o pogreço... rsrs

Walter Junior do Carmo disse...

Leonardo, cancer é aquele sujeitoa covarde que se utiliza de nomes falsos para jogar a pedra e esconder a mão, sacou?

Ney Pantaleão disse...

Natalia o que? Os amapaenses são bonzinhos mesmo, pois fizeram questão de deixar algumas cadeiras vagas no teatro! hauahu.
O Amapá espera (anciosamente) por vocês aqui (de novo)!
Bjo queridinhos,

Bete disse...

Walter querido.
Não acredito em brincadeiras, acho que é puro preconceito e alguns não conhecem mesmo o mapa do Brasil, pra eles, a terra é quadrada, como gostaria nosso Presidente.
Bjs

Walter Junior do Carmo disse...

Ney,
O seu blog é muito bom. Se a Natalia tivesse lido o Açaí com Jabá (http://neyzinho.blogspot.com/ ) certamente não estaria pagando esse King Kong.
O povo deve lotar o teatro e aplaudi-la com muito charme.
É uma maneira bacana de retribuir o charminho na Natalia.