Páginas

quarta-feira, 5 de março de 2008

Agressão


“Nós temos que nos unirmos. Mostrar que esse sentimento não podemos admitir que exista dentro do continente...”
José Sarney, senador e escritor, na tribuna do Senado pregando a paz na América Latina e declarando guerra à língua portuguesa.

*Foi destaque no Jornal Nacional

Um comentário:

winlotto disse...

Such a nice blog. I hope you will create another post like this.