Páginas

terça-feira, 5 de junho de 2007

Exploração infantil



O Pará concentra cerca de 54% das mais de 354 mil crianças e adolescentes utilizados como mão-de-obra na região Norte.

3 comentários:

Franssinete Florenzano disse...

Caríssimo, muito obrigada pelo Post. Há muito o que fazer pelas nossas crianças. Abração!

hiroshi disse...

Walter,
Dessas 192 mil crianças utilizadas como mão-de-obra no Pará, não estaria exagerando em incluir perto de 10 mil trabalhando em situações de risco somente no município de Marabá. Pior: não aparece um Cristão interessado em mudar esse quadro. Os prefeitos colocam apenas o olhar no retrovisor.

hiroshi disse...

Esclareço: em 2005, uma empresa privada local realizou pesquisa sócioeconômica no município, sem auscultar a zona rutal, e se deparou com o número de 6.717 crianças com menos de 16 anos trabalhando. O foco delas, disse a pesquisa, era o trabalho.
Se os pesquisadores zanzassem pelo campo, encontrariam número identico ou superior em carvoarias e similares.