Páginas

terça-feira, 20 de março de 2007

55 + 45 = 100 Anos de Jornalismo a Quatro Mãos

A estória acima e muitas outras estarão no livro “100 Anos de Jornalismo a Quatro Mãos”, que os jornalistas Walter Guimarães e Linomar Bahia esperam lançar até o fim do ano.
Walter tem 45 anos de atividades na imprensa paraense e Linomar tem 55 anos de jortnalismo e na área de telecomunicações. A soma da exatamente 100 anos, daí o título.
Walter Gui
marães trabalhou no jornal O Liberal, foi diretor da rádio Liberal, diretor de jornalismo da TV Liberal e embora o livro alusivo aos 30 anos da Funtelpa não registre, foi o primeiro diretor da rádio Cultura. O nome dele está na placas de inauguração fixada na entrada da emissora para quem quizer ver. Hoje Walter Guimarães é um dos principais colunistas do Diário do Pará.
Linomar Bahia foi pioneiro na implantação de vários canais de rádio e de televisão espalhados pelo Brasil, entre eles a rádio e TV Liberal, a TV Guajará, em Belém; a TV Tarobá, em Cascavel, no Paraná; a TV Capital, em Brasília e a TV Tapajós, em Santarém. Bahia foi presidente da Funtelpa e hoje é diretor do Departamento de Imprensa do Tribunal de Justiça do Pará.

O livro vem preencher uma lacuna na tão falada, mas ainda desconhecida história das comunicações do Pará.

3 comentários:

Juvencio de Arruda disse...

Linomar bahia foi assessor de imprensa de Lauro Sodré e Augusto Montenegro, Walter.
Pode dizer isso a ele, que vai dar uma gargalhada e identificar o detrator...rs.
Sucesso aos autores!
Abs.

Cris Moreno disse...

Vou ser a primeira da fila, na noite de autógrafos.
Beijos, Cris Moreno

fabricio lima disse...

c for vendido aqui em macapá, vou comprar.abraços