Páginas

terça-feira, 1 de maio de 2007

CBF no vermelho

Com informações de Juca Kfoury

A CBF publicou ontem seu balanço relativo ao exercício de 2006.
É estarrecedor constatar que a entidade que quer organizar a Copa do Mundo de 2014 deu um prejuízo de R$ 22,1 milhões, embora tenha faturado nada menos que R$ 99 milhões.
Como bem observa o colunista Aziz Ahmed, do "Jornal do Commercio", trata-se de um baita gol contra.
Pior: a exemplo do que fazem nossos clubes com suas federações e com a TV, a CBF recebeu antecipadamente da Isec (International Sports Events Company) a quantia de R$ 17,8 milhões, com o que a empresa garante os direitos dos amistosos da Seleção Brasileira até 2010.
.

Ou seja, a CBF não só é mal administrada e deficitária como, ainda por cima, ao terceirizar os direitos da Seleção, fica na mão de empresários estrangeiros, pouco preocupados com escolher bons adversários, mas, apenas, em ter lucros.
Lucros que a CBF publica não ter, o que deveria preocupar o governo federal antes de entrar na aventura da Copa com gestores deste porte.




Ricardo Teixeira está aqui em Belém conversando com a Governadora Ana Júlia sobre a Copa do Mundo de 2014.
O Governo do Pará acaba de confirmar que vai entrar com força total para trazer alguns jogos para o estádio Edgar Proença, o Mangueirão.

.

2 comentários:

Alcilene disse...

Viajei hoje com a governadora. Ana estava muito animada por causa do encontro com a CBF e quer levar jogos da copa ao Pará.

Walter Jr disse...

Oi Lene,
Belém tem muita chance de ser uma das sedes. Vai disputar principalmente com Manaus.

Acho que as sedes serão estas:

São Paulo 1, São Paulo 2, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Recife. Fortaleza, Goiânia, Curitiba, Porto Alegre, Brasília ou São Luís ou Cuiabá ou Santa Catarina, Belém ou Manaus.